terça-feira, 8 de março de 2011

Mulheres...

Você sabia que no dia 8 de março do ano de 1857, mais ou menos 130 tecelãs de uma fábrica de tecidos em Nova Iorque promoveram uma manifestação no pátio da empresa? O objetivo da manifestação era aumento salarial e a redução da jornada de trabalho que era de 16 horas. Policiais tracaram estas mulheres num local e atearam fogo, todas morreram. Foi deste ato de coragem e ousadia que surgiu o Dia Internacional da Mulher. Neste ano em que temos uma mulher na presidência da Repúlica pela primeira vez, o papel da mulher está cada vez mais em destaque.

Ser mulher é uma honra. 
Ser capaz de gerar a vida.
Ser capaz de sentir "amor de mãe".
Ser capaz de fazer várias coisas ao mesmo tempo e todas bem feitas.
Ser capaz de se emocionar com as coisas mais simples.

Nos últimos anos, vemos as conquistas femininas transformarem o mundo.
Mas por que será que, diante de tantas conquistas, as mulheres estão se desvalorizando tanto? Será que para ser bem sucedida a mulher realmente precisa estar seminua? Será que para uma mulher aproveitar a vida ao máximo ela precisa ser adúltera, como vemos nos exemplos das novelas? Será que aquelas que cuidam de sua família e de suas casas são menos importantes? Será que ser independente e muitas vezes, sustentar uma família, faz uma mulher menos feminina?

Definitivamente... não!

Parabéns para nós todas!
Bjim, Paula

Imagem: cspb.org.br

Um comentário:

Deborah Rocha Oh... disse...

Oi Paula,
obrigada pela sua visita...
O "Desperta Débora" é um movimento de mães de oração (infelizmente não foi criado por mim... rsrs...). Conheça um pouco mais pelo trabalho das Déboras espalhado pelo Brasil e pelo mundo...
http://www.despertadeboras.com.br

Um beijo,
Deborah